© Fazenda Águas Claras. Direitos Reservados.

Hospedaria

Localizada no casarão histórico da Fazenda, a Hospedaria oferece aos seus hóspedes a oportunidade de uma experiência vivencial dentro de uma autêntica fazenda cafeeira do século XIX.

A antiga Casa Sede foi cuidadosamente restaurada preservando suas características originais. A rusticidade das madeiras nobres aparentes e os alto-relevos das portas e janelas transmitem a sensação de estar em um casarão histórico.

Nos jardins, palmeiras imperiais, primaveras e jasmins dão o tom das cores o ano inteiro, sempre ao lado de árvores nativas, flores exóticas, peças e utensílios centenários, envolvendo a fazenda num paisagismo peculiar.

Desde o início o projeto de adaptação da Fazenda Águas Claras para o turismo rural, obedeceu a alguns critérios, dos quais, os mais importantes são a valorização histórico-cultural, a manutenção das atividades agrosilvopastoris e a preservação da natureza, garantindo o desenvolvimento do turismo sustentável na propriedade.

“O turismo rural refere-se a lugares em funcionamento (fazendas ou plantações) que complementam seus rendimentos com algumas atividades turísticas, oferecendo geralmente alojamento, refeições e oportunidades de adquirir conhecimentos sobre as atividades agrícolas.” (Organização Mundial do Turismo, 1993).

Desde 2001 a Hospedaria Águas Claras pertence à Associação de Hotéis Roteiros de Charme, entidade reconhecida pelo compromisso de aliar conforto e qualidade de serviços, e que tem apoio da UNEP (United Nations Environment Programme) pelo seu Código de Ética e Conduta Ambiental.

Parceiros

Conheça os parceiros que apoiam a Hospedaria Águas Claras:

Atividades de Esporte e Lazer

Esporte

CaminhadasMountain BikeCampo de FutebolCaiaque

Atividades Rurais

Passeio a CavaloPasseios de CharretePescariaOrdenha de LeiteRoteiro "Histórico de Café"

Infra-Estrutura de Lazer

PiscinaSauna úmidaBanho cachoeira naturalSnookerPing-pongSalão jogos

Áreas Sociais

As áreas sociais possuem estrutura de lazer, entretenimento e cultura. Ao longo da Casa Sede, estão as sala de leitura com lareira, biblioteca e sala de TV.

Nas antigas tulhas de café da fazenda estão localizados o salão de jogos (carteado e bilhar) e o Bar da Tulha.

Nas áreas externas estão a sauna úmida, piscina e quiosques. Há também um salão de jogos infantil com mesa de ping-pong.

No antigo paiol, funciona atualmente uma microtorrefação de café e também o museu com peças e objetos históricos da fazenda.

O escritório original da fazenda, foi restaurado e hoje abriga a recepção e loja de cafés e souvenirs da Hospedaria.

Culinária

A culinária da Hospedaria Águas Claras promove um resgate da gastronomia rural, misturando os temperos do campo com ingredientes frescos e selecionados. São oferecidas 4 refeições diárias servidas no restaurante da Casa Sede e no quiosque a beira da piscina.
No cardápio estão pratos caseiros como cordeiro ao forno com hortelã, leitoa a pururuca, tutu à mineira, abóbora com carne seca, frango caipira na palha, a tradicional pizza e churrasco.
Além do café de produção local, os queijos, doces e pães são feitos artesanalmente com ingredientes da propria fazenda.

Acomodações

A Hospedaria Águas Claras preserva em suas dependências o estilo arquitetônico original, trazido pelos imigrantes italianos.

As acomodações dividem-se nas seguintes categorias:

Condições Gerais

Checkin: 18h
Checkout: 16h
Crianças de 0 a 2 anos: cortesia.
Não é cobrada taxa de serviço.
Pensão Completa (Café da manhã, almoço, chá da tarde e jantar).

Casa Sede

Os apartamentos da Casa Sede estão localizados no casarão centenário de 1870 que preserva, em suas dependências, o estilo arquitetônico original trazido pelos imigrantes italianos. Com paredes de taipa de pilão e madeira, os apartamentos são decorados com mobiliários de época e os banheiros com azulejos com cerâmica pintados a mão. Todos possuem TV 32" com SKY HDTV, dock station, frigobar, secador de cabelo e WIFI.

Jardim

Dois apartamentos localizados no jardim próximo à piscina e a Casa Sede da fazenda. Construídos aproximadamente em 1910, com estrutura de paredes de taipa de pilão, todos possuem banheiros individuais com azulejos pintados a mão. Decorados com móveis de madeiras nobres e utensílios de época, acomoda de uma a quatro pessoas, sem restrição de idade. Equipados com secadores de cabelo, ventiladores, TV HD 40” com SKY HDTV, dock station e WIFI.

Bangalô

Os Bangalôs são amplas acomodações, localizados na colina próxima a Casa Sede, com vista panorâmica da fazenda de sua varanda privativa. São decorados com mobiliários de época, cama king size, TV 48" com SKY HDTV, DVD, lareira, frigobar, secador de cabelo, dock station e WIFI. Os banheiros são decorados com azulejos de cerâmica pintados a mão e possuem hidromassagem.

Casa Rural

A Casa Rural é uma antiga casa da colônia construída por volta de 1870 e restaurada recentemente.
Foram mantidas suas divisões originais e a casa conta com cozinha com fogão à lenha, geladeira, amplas varandas com vista para o lago e mata e sala equipada com TV 40" HD com SKY HDTV e WIFI.
Pode acomodar até 6 pessoas, sendo 1 apartamento para casal, com banheiro privativo e 1 apartamento com 2 cômodos para até 4 pessoas, também com banheiro privativo.
Tem a exclusividade de ter um quintal com ducha, plantas e pomar e canil para animais de estimação.

Por favor, aguarde...

A Fazenda

A Fazenda Águas Claras está localizada nos contrafortes da Serra da Mantiqueira, próximo da divisa com o estado de Minas Gerais e em altitudes variando entre 840 a 1200 metros acima do nível do mar. A centenária Fazenda Águas Claras estende-se por uma área de 354 hectares, no encontro das serras de Serra Negra, Serra das Águas de Lindóia e Serra das Águas Claras, caracterizando-se por uma área de transição geográfica entre Mata Atlântica e Cerradão, divisória de várias nascentes de águas minerais com excelentes características.

A vegetação da fazenda consiste em fragmentos clímax de Mata Atlântica (com porte aproximado de 15 metros e com algumas espécies chegando a até 30 metros), capoeirões, campos, cerrados (em altitudes elevadas) e matas ciliares, numa área de 120 hectares de floresta preservada, o que corresponde a um terço da área total. As espécies mais encontradas na fazenda são: Peroba, Jacarandá, Cabreúva, Bico de Pato, Timburí, Ingá, Canelinha do Brejo, Ipê Amarelo e Paineiras. Entre as espécies da fauna é possível avistar uma grande variedade de pássaros (Urubu-Rei, Canário da Terra, Piçarra, Tucano, Siriema) e mamíferos como o veado-mateiro, paca, capivara, jaguatiricas, onça-parda e outros.

Na propriedade para além de uma charmosa hospedaria, também há produção de culturas temporárias de milho e feijão, além de outras atividades, como a pecuária de corte e leiteira e o cultivo de frutas e verduras orgânicas para o abastecimento local, tanto da comunidade como dos visitantes.

Mais sobre a Fazenda Águas Claras:

Nossa História

De terras privilegiadas, relevo montanhoso e água abundante, a Fazenda Águas Claras surgiu com a vinda do café para o interior paulista. Após o declínio das plantações cafeeiras nas grandes fazendas do vale do Paraíba, o café, chamado nesta época de “ouro verde”, alcançou uma nova fase de desenvolvimento impulsionado pela facilidade de transporte com a construção da ferrovia dos ingleses que ligava Jundiaí ã Santo em 1867 e com a ajuda da substituição da mão-de-obra escrava por imigrantes italianos.

Assim que formados os cafezais da Águas Claras, por volta de 1870, foram construídas pela família do Comendador Araújo Cintra a casa-sede, as tulhas e a marcenaria, todas com paredes de taipa-de-pilão, e o imenso terreiro para a lavagem e secagem do café, inteiramente ladrilhado com lajotas de barro e em pleno funcionamento até hoje. Em 1875, conforme registro da época, já existia a casa-sede construída em estilo arquitetônico trazido pelos imigrantes italianos, além da tulha, da marcenaria, do terreiro de secagem do café e boa parte da lavoura plantada.

À este típico quadrilátero da arquitetura cafeeira, foi incorporada por volta de 1940 uma outra casa-sede de maior e de novo formato, com um fato raro de preservação histórica: a construção foi feita ao lado da antiga casa-sede da fazenda, onde hoje funciona a Hospedaria Águas Claras – Fazenda Ambiental, pertencente à Associação de Hotéis Roteiros de Charme desde 2001.

Ao longo do tempo, a fazenda teve diversos proprietários, enfrentando várias crises da cafeicultura brasileira, e sofrendo conseqüente deterioração de suas benfeitorias, até ser finalmente adquirida pela família Aranha Barbosa, em novembro de 1979. Desde então, se iniciou um trabalho de restauro do patrimônio histórico e de introdução de novas técnicas de cultivo do café. Foram plantadas 300 mil mudas da espécie Coffea Arabica, buscando o aprimoramento da produção cafeeira que se mantém ativo e renovado até hoje.

Meio Ambiente

Geografia

A Fazenda Águas Claras está localizada nos contrafortes da Serra da Mantiqueira, próximo da divisa com o estado de Minas Gerais e em altitudes variando entre 840 a 1200 metros acima do nível do mar. A centenária Fazenda Águas Claras estende-se por uma área de 354 hectares, no encontro das serras de Serra Negra, Serra das Águas de Lindóia e Serra das Águas Claras, nos municípios de Itapira e Serra Negra, caracterizando-se por uma área de transição geográfica entre Mata Atlântica e Cerradão, divisória de várias nascentes de águas minerais com excelentes características.

Flora

A vegetação da fazenda consiste em fragmentos clímax de Mata Atlântica (com porte aproximado de 15 metros e com algumas espécies chegando a até 30 metros), capoeirões, campos, cerrados (em altitudes elevadas) e matas ciliares, numa área de 120 hectares de floresta preservada, o que corresponde a um terço da área total. As espécies mais encontradas na fazenda são: Peroba, Jacarandá, Cabreúva, Bico de Pato, Timburí, Ingá, Canelinha do Brejo, Ipê Amarelo e Paineiras.
Na propriedade, além do café, há produção de culturas temporárias de milho e feijão, além de outras atividades, como a pecuária de corte e leiteira e o cultivo de frutas e verduras orgânicas para o abastecimento local, tanto da comunidade como dos visitantes.

Fauna

Entre as espécies da fauna é possível avistar uma grande variedade de pássaros (Urubu-Rei, Canário da Terra, Piçarra, Tucano, Siriema, veja a lista abaixo) e mamíferos como o quati, veado-mateiro, paca, capivara, jaguatiricas, lobo-guará, onça-parda e outros.
Lista de Pássaros observados na Fazenda Águas Claras, em 2005 e 2007, por Antonio Silveira:
As observações foram feitas próximo a lagos, ao redor de matas ciliares, dentro de fragmentos florestais, próximos a pastos e percorrendo estradas de terra, que apesar de se tratar de uma região cafeeira, possui uma gestão ambiental de qualidade em relação à agricultura e ao meio ambiente.

Nas primeiras incursões ornitológicas foram registradas 114 espécies, as quais seguem.
Nomes: científico, português, inglês.

TINAMIDAE
• Crypturellus parvirostris; Inhambu-chororó; Small-billed Tinamou

ANATIDAE
• Amazonetta brasiliensis; Ananaí; Brazilian Duck (or Teal)

CRACIDAE
• Penelope obscura; Jacuguaçu; Dusky-legged Guan

ARDEIDAE
• Nycticorax nycticorax; Socó-dorminhoco; Black-crowned Night-heron
• Butorides striata; Socozinho; Striated Heron
• Bulbucus ibis; Garça-vaqueira; Cattle Egret
• Ardea cocoi; Socoí (Socó-grande); White-necked Heron
• Ardea alba; Garça-branca-grande; Great Egret
• Syrigma sibilatrix; Maria-faceira; Whistling Heron

CATHARTIDAE
• Cathartes aura; Urubu-de-cabeça-vermelha; Turkey Vulture
• Coragyps atratus; Urubu; Black Vulture

ACCIPITRIDAE
• Rupornis magnirostris; Gavião-carijó; Roadside Hawk
• Buteo albicaudatus; Gavião-de-rabo-branco; White-Tailed Hawk
• Buteo albonotatus; Gavião-preto; Zone-Tailed Hawk

FALCONIDAE
• Caracara plancus; Caracara; Crested Caracara
• Milvago chimachima; Gavião-pinhé; Yellow-Headed Caracara
• Herpetotheres cachinnans; Acauã; Laughing Falcon
• Falco sparverius; Quiriquiri; American Kestrel

RALLIDAE
• Aramides saracura; Saracura-do-brejo; Slaty-breasted Wood-rail
• Laterallus leucopyrrhus; Pinto-d’água-vermelho; Red-and-white Crake
• Pardirallus nigricans; Saracura-preta; Blackish Rail

CARIANIDAE
• Cariama cristata; Siriema; Red-legged Seriema

CHARADRIIDAE
• Vanellus chilensis; Quero-quero; Southern Lapwing

COLUMBIDAE
• Columbina talpacoti; Rolinha; Ruddy Ground-dove
• Patagioenas picazuro; Asa-branca; Picazuro Pigeon
• Patagioenas cayennensis; Pomba-galega; Pale-vented Pigeon
• Zenaida auriculata; Pomba-de-bando; Eared Dove
• Leptotila verreauxi; Juriti; White-Tipped Dove

PSITTACIDAE
• Aratinga leucophthalma; Ararinha; White-eyed Parakeet
• Forpus xanthopterygius; Tuim; Blue-winged Parrotlet
• Brotogeris tirica; Periquito-verde; Plain Parakeet
• Brotogeris chiriri; Periquito-de-asa-amarela; Yellow-chevroned Parakeet
• Pionus maximiliani; Maitaca-verde; Scaly-headed Parrot

CUCULIDAE
• Piaya cayana; Alma-de-gato; Squirrel Cuckoo
• Crotophaga ani; Anu-preto; Smooth-billed Ani
• Guira guira; Anu-branco; Guira Cuckoo
• Tapera naevia; Saci; Striped Cuckoo

TYTONIDAE
• Tyto alba; Suindara; Barn Owl

STRIGIDAE
• Megascops choliba; Corujinha-do-mato; Tropical Screech-owl
• Pulsatrix koeniswaldiana; Murucututu-de-barriga-amarela; Tawny-browed Owl
• Athene cunicularia; Buraqueira; Burrowing Owl

NYCTIBIIDAE
• Nyctibius griseus; Urutau; Commom Potoo

CAPRIMULGIDAE
• Nyctidromus albicollis; Curiango; Pauraque

APODIDAE
• Streptoprocne zonaris; Andorinhão-coleira-branca; White-collared Swift
• Chaetura meridionalis; Andorinhão-do-temporal;Ashy-tailed Swift

TROCHILIDAE
• Phaethornis eurynome; Balança-rabo; Scale-throated Hermit
• Eupetomena macroura; Tesourão; Swallow-tailed Hummingbird
• Florisuga fusca; Beija-flor-preto-e-branco; Black Jacobin
• Chlorostilbon lucidus; Besourinho-de-bico-vermelho; Glittering-bellied Emerald
• Thalurania glaucopis; Beija-flor-de-fronte-violeta; Violet-capped Woodnymph
• Amazilia lactea; Beija-flor-de-peito-azul; Sapphire-spangled Emerald

ALCEDINIDAE
• Ceryle torquatus; Matraca; Ringed Kingfisher
• Chloroceryle amazona; Martim-pescador-verde; Amazon Kingfisher

RAMPHASTIDAE
• Ramphastos toco; Tucanuçu; Toco Toucan

PICIDAE
• Picumnus cirratus; Pica-pau-anão-barrado; White-barred Piculet
• Melanerpes candidus; Birro; White Woodpecker
• Veniliornis spilogaster; Pica-pau-carijó; White-spotted Woodpecker
• Colaptes campestris; Pica-pau-do-campo; Campo Flicker
• Dryocopus lineatus; Pica-pau-de-topete-vermelho; Lineated Woodpecker

THANMOPHILIDAE
• Hypoedaleus guttatus; Chorão-carijó; Spot-backed Antshrike
• Thamnophilus caerulescens; Choquinha-da-mata; Variable Antshrike
• Thamnophilus ruficapillus; Choca-de-chapéu-vermelho; Rufous-
capped Antshrike
• Dysithamnus mentalis; Choquinha-lisa; Plain Antvireo

CONOPOPHAGIDAE
• Conopophaga lineata; Chupa-dente; Rufous Gnateater FURNARIIDAE
• Furnarius rufus; João-de-barro; Rufous Hornero
• Synallaxis ruficapilla; Pichororé; Rufous-capped Spinetail
• Synallaxis frontalis; João-crispim; Sooty-fronted Spinetail
• Synallaxis spixi; João-teneném; Chicli Spinetail
• Certhiaxis cinnamomeus; Curutié; Yellow-throated Spinetail
• Automolus leucophthalmus; Barranqueiro-de-olho-branco; White-eyed Foliage Gleaner
• Lochmias nematura; Capitão-da-porcaria; Sharp-tailed Streamcreeper

TYRANNIDAE
• Leptopogon amaurocephalus; Cabeçudo; Sepia-capped Flycatcher
• Todirostrum poliocephalum; Teque-teque; Gray-headed Tody-Flycatcher
• Camptostoma obsoletum; Risadinha; Southern Beardless Tyrannulet
• Serpophaga subcristata; Alegrinho; White-crested Tyrannulet
• Tolmomyias sulphurescens; Bico-chato-de-orelha-preta; Yellow-olive Flycatcher
• Xolmis velatus; Noivinha-branca; White-rumped Monjita
• Fluvicola nengeta; Lavadeira-mascarada; Masked Water-Tyrant
• Machetornis rixosa; Suiriri-cavaleiro; Cattle Tyrant
• Myiozetetes similis;Bentevizinho; Vermilion-crowned(or Social)Flycatcher
• Pitangus sulphuratus; Bentevi; Great Kiskadee
• Megarynchus pitangua; Neinei; Boat-billed Flycatcher
• Tyrannus melancholicus; Suiriri; Tropical Kingbird
• Myiarchus ferox; Maria-cavaleira; Short-crested Flycatcher

PIPRIDAE
• Chiroxiphia caudata; Tangará; Swallow-tailed Manakin

VIREONIDAE
• Cyclarhis gujanensis; Pitiguari; Rufous-browed Peppershrike

CORVIDAE
• Cyanocorax cristatellus; Gralha-do-campo; Curl-creste Jay

HIRUNDINIDAE
• Progne tapera; Andorinha-do-campo; Brown-chested Martin
• Progne chalybea; Andorinha-grande; Gray-breasted Martin
• Pygochelidon cyanoleuca; Andorinha-comum; Blue-and-white Swallow

TROGLODYTIDAE
• Troglodytes musculus; Corruíra; House Wren

TURDIDAE
• Turdus rufiventris; Sabiá-laranjeira; Rufous-bellied Thrush
• Turdus leucomelas; Sabiá-branco; Pale-breasted Thrush
• Turdus amaurochalinus; Sabiá-poca; Creamy-bellied Thrush

COEREBIDAE
• Coereba flaveola; Cambacica; Bananaquit THRAUPIDAE
• Tachyphonus coronatus; Tie-preto; Ruby-crowned Tanager
• Thraupis sayaca; Sanhaço; Sayaca Tanager
• Thraupis palmarum; Sanhaço-do-coqueiro; Palm Tanager
• Tangara cayana; Saíra-amarela; Burnished-buff Tanager
• Dacnis cayana; Saí-azul; Blue Dacnes

EMBEREZIDAE
• Zonotrichia capensis; Tico-tico; Rufous-collared Sparrow
• Ammodramus humeralis; Tico-tico-no-campo; Grasshopper Sparrow
• Sicalis flaveola; Canário-da-terra; Saffron Finch
• Volatinia jacarina; Tiziu; Blue-black Grassquit
• Sporophila caerulescens; Papa-capim; Double-collared Seedeater

CARDINALIDAE
• Saltator similis; Trinca-ferro; Green-winged Saltator

PARULIDAE
• Parula pitiayumi; Mariquita; Tropical Parula
• Geothlypis aequinoctialis; Pia-cobra; Market Yellowthroat
• Basileuterus culicivorus; Pula-pula; Golden-crowned Warbler
• Basileuterus flaveolus; Pula-pula-amarelo; Flavescent Warbler

ICTIRIDAE
• Gnorimopsar chopi;Melro; Chopi Blackbird
• Pseudoleistes guirahuro; Chopim-do-brejo;Yellow-rumped Marshbird
• Molothrus bonariensis; Chopim;Shiny Cowbird

FRINGILLIDAE
• Carduelis magellanicus; Pintassilgo-de-cabeça-preta; Hooded Siskin
• Euphonia chlorotica; Vivi; Purple-throated Euphonia

PASSERIDAE
• Passer domesticus; Pardal; House Sparrow

Obs: ordem sistemática e nomes científicos de acordo com o adotado pelo Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos. Listas das aves do Brasil. Versão 10/2/2006. (http://www.cbro.org.br/CBRO/listabr.htm), nomes em inglês R.M.de Schauensee. A guide to the birds of South America. The Academy of Natural Sciences of Philadelphia, 1970, e nomes em português conforme H. Sick, 1997. Ornitologia Brasileira. RJ, Ed. Nova Fronteira

Fazenda Ambiental

O Programa Fazenda Ambiental tem como missão promover o desenvolvimento sustentável das áreas rurais no Brasil, baseado no homem e na natureza, nas qualidades de suas inter-relações e na sobrevivência mútua, agregando valor final aos produtos e criando mecanismos para a conservação patrimonial.

A Fazenda Ambiental já está implementada na Fazenda Águas Claras desde 1996.

Sustentabilidade

As características originais das benfeitorias, o modo de organização das comunidades, a proteção da fauna e da flora local, o reflorestamento de árvores nativas, o tratamento de resíduos, a educação ambiental, tudo isso visa valorização e manutenção de todo o patrimônio natural, cultural e histórico envolvido, garantindo o bem-estar das comunidades do entorno para as gerações futuras.
A Fazenda Águas Claras assume a responsabilidade social por melhorar a qualidade de vida de seus funcionários que lá residem com suas famílias, tendo acesso à educação, saúde, transporte e lazer.

Roteiro do café

Todas as técnicas de produção implantadas seguem critérios da agricultura sustentável definidos no Programa Fazenda Ambiental.

O manejo das lavouras é acompanhado diariamente por técnicos especializados, garantindo qualidade e controle de todos os processos, desde a formação das mudas no viveiro, o cuidado com as podas, aplicação de insumos, monitoramento de pragas, colheita do café, até os procedimentos posteriores, como a lavagem e separação dos grãos, secagem, armazenamento em tulhas de madeira e benefício.

Os resíduos orgânicos são reaproveitados e utilizados como adubo, promovendo o equilíbrio biológico do solo e do ambiente, além das águas residuais, que após seu uso, são tratadas e devolvidas límpidas para seus cursos d’águas naturais, contribuindo para a preservação ecológica.

Durante a separação e secagem dos grãos são formados os lotes de café cru, que são classificados de acordo com seus atributos de aspecto, bebida, altitude e as técnicas de produção, possibilitando a sua rastreabilidade total e o controle de origem.

Agricultura orgânica

O início do cultivo de agricultura orgânica foi em 1998, com a implantação do Programa Fazenda Ambiental, introduzindo café, frutas e verduras.

Atualmente produzimos: Cafés, frutas como limão, tangerina, maracujá e banana, e também milho, feijão, leite e queijos, entre outros.

Contato

Preencha o nosso formulário abaixo de forma que possamos lhe atender melhor. Obrigado!